Aqualangos à mesa – Luiz Alves e os argentinos


Então, todos que me conhecem (e não são poucos, ha ha) sabem que a-do-ro a Argentina. Tanto que estive lá 5 vezes: duas em Buenos Aires e três em Búzios. Para matar as saudades, resolvi investir num momento porteño e visitei 2 restaurantes argentinos: o La Caballerizza, em Sampa, e o Pobre Juan, em Brasília.

O LA CABALLERIZZA é filial de um restaurante de Buenos Aires. Fica nos Jardins, bem pertinho do hotel Intercontinental, e conta com um ambiente muito agradável e criativo. Tem um salão espaçoso, com um pé-direito bem alto e com uma fonte, que quase nos dá a impressão de estarmos em uma “plaza”. Ao lado, uma parte mais reservada onde as mesas ficam como que em baias, homenagendo a cavalariça que dá nome ao lugar. Achei o atendimento muito bom, o preço dos vinhos bastante razoável e o bife de chorizo excelente. Experimentei a Morcilla (ou morcela, ou chouriço) e achei-a muito mais saborosa do que as que já comi na Fogo de Chão. Se morasse em Sampa, viraria habitué.

O POBRE JUAN fica no Shopping Iguatemi e tem ambiente sofisticado. Vende cervejas grandes (600ml nacionais e litrão argentino/uruguaio) que são gentilmente colocadas em baldes com gelo. O couvert é basiquinho, mas vem com sticks de cenoura, nabo e pepino, legumes que, não sei bem o porquê, me agradam muito… As carnes são feitas em uma autêntica parrilla e, se não chegam a ser espetaculares, são boas. E caras. Custam entre 55 e 70 reais, são a princípio individuais e não vêm com acompanhamentos. A picanha estava muito melhor que o Chorizo, o que é estranho para uma casa argentina. À parte, pedi a batata souflé. É muito gostosa e lembra bastante a antológica batata da churrascaria Marjorica lá do Rio (e de Petrópolis). Deixei o Juan mais rico, eu sei, mas acho que valeu a visita.

Hasta luego,

Luiz Alves

Anúncios

3 respostas em “Aqualangos à mesa – Luiz Alves e os argentinos

  1. Luiz, Alves, embora vc talvez tenha razão, mas somente talvez tenha razão…. ainda não posso expressar minha opinião de macho sobre esses dois lugares. Aguarde!

  2. ACHEI QUE ERA UM BLOG SOBRE MERGULHO E NÃO ESSA COISA DE COMIDA CHEIA DE FRU FRU. O QUE É ISSO?

    • Mergulhador também come. E como!
      Entusiastas do mergulho, os aqualangos aproveitam as folgas em terra para conhecer lugares interessantes e visitar boas mesas. Apesar de ser um blog de mergulho, aproveitamos o foro para dividir com os leitores nossas impressões sobre alguns restaurantes e bares que visitamos. Achamos, sem grandes pretensões, que podemos, quem sabe, ajudar os viajantes mergulhadores (ou não) na escolha de um lugar pra comer.
      Luiz Alves é um personagem fictício – e, esperamos – bem humorado, que dá voz a essas impressões.
      Forte abraço pra você, Fabio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s